Mas sempre são rosas...

Mas sempre são rosas...

Bem vindo ao blog...

se você está aqui é porque gostamos de ler, e você assim como eu, curte blogs. Se gostou deixe um comentário, críticas construtivas também serão bem vindas! A ideia é fazer da leitura um momento agradável. Colabore.



sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Este ano quero paz no meu coração...

quem quiser ter um amigo, que me dê a mão.... afff da série músicas que odeio," Marcas do que se foi" é uma delas, não que eu ache a letra feia, é que acho triste, e me lembra coisas do passado que eu gostaria de esquecer...
Tem coisas que ficam marcadas, eu lembro da minha mãe colocando esse cd kkkkkkkkkkkkkk peraí, CD não, era um compacto simples, um disquinho, na vitrola Philips vermelha... E aquele sonzinho na tampa da vitrola era alto demais naquela época, meu paiiiiiii!!!!! Acho que é por isso que não gosto da música, me deixa depressiva... Mas o que é o dia 31? Poxa, apenas mais um dia no calendário, e trocamos de 2010 pra 2011, e torcemos pra que seja um ano feliz, um ano de paz, mas segunda feira já está chegando, e a vida volta ao normal... As vezes acho que é tudo tãoo inútil, as festas, as comemorações... Pra que heim? Detesto gente bebendo até cair... E detesto mais as pessoas que fazem isso só nas festas... E gente que parece que só come uma vez por ano... 
Bom, tradição é tradição... Mais uma vez estamos aqui torcendo pra que tudo dê certo... Pra que o sol brilhe sempre pra todos e que tenhamos sombra as vezes... Deixo aqui um beijo e um abraço apertado pra pessoas que fizeram meu ano mais feliz... Não vou digitar nomes, elas sabem que fazem diferença na minha vida, que serão pra sempre, que quando a gente ama alguém, isso não sai da gente...




Feliz 2011!!!!!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Fim de ano...

Hora de agradecer por mais um ano cheio de momentos bons e momentos nem tanto. 
Hora de pensar que apesar de tudo, todos que amo estão com saúde e felizes. 
Vou agradecer as pessoas que passaram pelo meu blog modesto, que perderam minutos lendo minhas postagens. Estou aqui escrevendo desde fevereiro, comecei porque estava me sentindo triste e sozinha, e achei que colocar meus pensamentos aqui me deixaria ocupada, e deu certo...
Gostei e fiquei. Essa e´a minha 102ª postagem. 
Obrigada a você que me segue e sempre que vê novidade, entra e lê.
Obrigada aos amigos que comentam, que fazem meus dias mais divertidos, que me chamam no pvt pra perguntar coisas, e pedir conselhos (não sou boa conselheira), obrigada aos amigos dos chats que participo.
Obrigada aquelas pessoas que são um pedacinho de mim. 
Que sinto falta quando não vejo por perto...
Obrigada pelos momentos juntos comigo, nos shows, no cinema, aqui em casa. 
Obrigada pelos momentos que passei no paraiso com você... 
Me perdoa por não te entender...Por não aceitar os seus motivos... Obrigada por tudo...
Agradeço a tudo de forte e poderoso que nos guia e nos governa.
Agradeço aos shows da Ana Carolina , Maria Gadú, Isabella Taviani, Caetano Velloso, Raquel Backer, Jorge Vercillo,Roberto Carlos,  todos esses shows deixaram minhas noites mais felizes...
Agradeço as pessoas que estiveram nos shows comigo, me acompanhando, ou só me encontrando, bebendo e conversando... Taty, Val, Kaká, Laura, Pri, Darlla,Vanessa... 
Tenho que agradecer também todos os passeios legais que fiz, Cristo Redentor, Jardim Botânico... Todos os encontros super legais com a galera do Ana Musical, todos os amigos que fiz por la´.
Agradeço aos amigos que moram longe e vieram aqui no Rj esse ano, em especial Bia... 
Dia especial em Copacabana!!! Obrigada Batatinha...
Enfim obrigada a todos que fizeram de 2010, um ano mais alegre, obrigada aos que me fizeram sorrir, quando eu estava chorando sem parar, obrigada a quem ouviu a mesma história mil vezes... 
Valeu!!!!! Eu volto antes do fim do ano, com mais agradecimentos...

sábado, 25 de dezembro de 2010

O Violão...

Um dia eu vi numa estrada um arvoredo caído
Não era um tronco qualquer
Era madeira de pinho
E um artesão esculpia o corpo de uma mulher.

Depois eu vi pelo noite
O artesão nos caminhos colhendo raios de lua
Fazia cordas de prata que, se esticadas, vibravam
O corpo da mulher nua.

E o artesão, finalmente,
Nesta mulher de madeira botou o seu coração
E lhe apertou contra o peito
E deu-lhe um nome bonito
E assim nasceu o violão.

http://www.vagalume.com.br/fatima-guedes/violao.html#ixzz199IM5SPr
 
A versão com Ana Carolina também é perfeita.  Mas não encontrei.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Então é natal...

e o que você fez, um ano termina e nasce outra vez... Sinceramente eu adoro a Simone, sem duvida  ela é uma grande interprete da nossa MPB, adoro quando ela grava Ivan Lins, fica perfeito... 
Mas eu detesto essa versão da música do John Lennon, não aguento mais ouvi-la. Não é que eu não goste da letra, ela é bonita, é simples... Mas virou sinonimo de vendas no comércio, toda lojinha grande ou pequena, toca isso o dia inteiro, tu anda no Saara e ouve, entra no shopping e ouve, passa na porta da farmácia, o som tá ligado e tocando quem? Simone...
Fico estressada, só de ouvir o "Então é natal... 
Eu gosto da data, acho bonito todo mundo desejando coisas boas, a vibração fica boa... Não acho que é fingimento, eu pelo menos quando desejo tudo de bom pra pessoas eu estou sendo sincera.
Claro que o comércio adora essas datas, mas isso foi invenção de alguém e não foi agora, desde que comemora-se o natal, existe a troca de presentes, agora é maior, por que o povo tem acesso a tudo e temos informações também , chegando toda hora...
Eu sei o que o meu amigo que mora no Nordeste, no Norte ganhou, por que a gente se fala o tempo todo, então parece que toma uma proporção enorme... Mas nada mudou, continua tudo como sempre foi...
Ninguém lembra quem está fazendo aniversário hoje, alias aqui pra nós, Ele não faz aniversário em Dezembro...
Mas acho importante comemorar a data, e acho válido dar uma paradinha pelo menos uma vez por ano, olhar pro amigo que mora longe, ou mesmo aquele vizinho que tu não gosta muito,( porque ele tem cachorro que late a noite, ou aquela vizinha chata que ouve o mesmo CD o dia todo) e dizer "Tudo de bom pra você", "Deus abençoe tua vida"... Ah você está aí pensando: Mas e´só no Natal? Não- respondo eu... 
Devemos desejar coisas boas todos os dias, mas é tanto trabalho, tanta correria, cada um com seus problemas, cada um com suas coisas, que as vezes esquecemos até mesmo de nós, que dirá do vizinho chato... 
Bom, é isso que eu penso... 
Então desejo a você que sempre passa por aqui, um feliz natal, que o menino que um dia nasceu em Belém e deu a vida por nós,  te cubra com saúde, amor, e muita paz. 
Espero que no próximo natal eu esteja aqui e você também. Super beijo.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Terceiro aniversário do FC Ana Musical...

É, rapidinho chegamos no terceiro aniversário. Nosso encontro foi no restaurante de sempre, o Rondinella, na av. Atlântica. Lugar lindo, gente que eu adoro, e o prazer de comemorar mais um ano de shows, encontros, e muita Ana Carolina, nossa diva eterna.
Esse mês lançando o Perfil 2, um cd com músicas antigas e outras nem tanto...Mas sucesso sempre é, e perfeita sempre está.
Pra variar eu ganhei uma camisa no sorteio... Adorooooo




Abraços e beijos pra todos que estiveram lá. Um especial pra Janira Bezerra por seu amor, carinho, atenção com todos os fãs e com a cantora.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Escrever ou não, eis a questão...

Um dia, de cada vez...
Acaba passando o ano todo e você nem vê...
Mas este está no final...
O que eu fiz, além de chorar e chorar?
Esse foi o ano que mais chorei e lamentei coisas...
O começo foi divino, quase voava, depois foi o caos...
Alias foi tudo meio traumatizante, esquecer não vai ser fácil...
Mas 2011, não pode ser pior... Vamos torcer.

sábado, 27 de novembro de 2010

Versão de 8 estórias ChatLove... by Ana Flavia e Livia

Depois de 8 chat assim poderia esta tranqüila.
Mas sinto que alguma coisa ali... Se transforma...
Rosana... Não se descobre ainda...
Mas a Flavia ela não pode ver...
Taty era heterozinha...
Até que Kaka lhe causou alegria.

Pra Lívia só disse mentira
E a May só bebia Etanol
Celinha inventou tanta historia
Até pênis na cabeça, ou me foge a memória?

Todas do chat são gays, concluindo por fim...
Negam, briga, mas querem uma mulher totalmente pra si
Mente pra mim, que vc nunca se fudeu...
Use a coragem não só pra dizer quem já comeu...
Mente pra mim, que vc nunca se fudeu...
Use a coragem não só pra dizer quem já comeu...

 
A Val é toda mulherzinha
Curte homem, e blá, blá, blá...
Fernanda procurava o futuro
que Mel nenhuma poderia lhe dar
 Mas todo o chat sem a Vilela não pode haver,
Ouve Ana, Gadú, e arrepia? O próximo sapatão é você


Mente pra mim, que vc nunca se fudeu...
Use a coragem não só pra dizer quem já comeu..





Autoria: Lívia (@Li_viaM) e Ana Flávia (@Flavia_Toni)

E deu-se o caos =(

Meu Deus até quando isso vai durar? Já se foi quase a semana inteira, eu estou lendo e vendo cenas que me deixam de boca aberta, totalmente sem ação, numa hora dessas não sabemos o que fazer, o que pensar.
O Rio de Janeiro virou praça de guerrra, desde terça feira estamos vivendo sob tensão, vários carros foram queimados, ônibus e vans também, pessoas feridas, alguns mortos, bandidos em fuga ao vivo na tv, como se fosse um filme de terror.
Mas além do nosso medo, vem uma pergunta, que não sai da minha cabeça: Como tudo isso começou?
Olhar para a quantidade de casas construidas no Complexo do Alemão e não se perguntar:  Como foi que  ninguém viu isso ser contruido? é praticamente impossível.
Então chegamos a conclusão que o governo tem muita culpa no cartório sim.
Foram anos e anos sem investimento em educação, saúde, moradia, eles assistiram com uma falsa venda nos olhos,  a construção de cada uma daquelas casas, por que n conteram isso antes?
O RJ recebe muitas pessoas de outros estados que vem pra cá com o sonho de viver melhor, acabam encarando a realidade dura e fria que até mesmo muitos cariocas atravessam, não tem como voltar, e não tem como crescer... Acabam nas favelas, nos viadutos... É tão triste!!!
Essas pessoas são obrigadas a viver sob domínio do tráfico e como não tem apoio do governo, elas encontram apoio neles... E vivem, e tem seus filhos, e seus filhos crescem achando que "eles" são bons. Eles fazem cobrança, eles expulsam quem está te incomodando, eles vendem gás, eles tem tv a cabo baratinha, promovem shows, churrascos, eventos mil... Como eu ou você que tem acesso a todas essas coisas sem precisar deles, vai dizer que estão errados? que são ignorantes? Eles não tem nada. Eles precisam de tanta coisa, saúde e educação então.... Vejo tanta coisa errada, aqui mesmo onde eu moro, e vejo que se o governo quisesse teria jeito. Tudo é culpa do governo? antigamente eu dizia que não, hoje eu penso diferente, uma adolescente grávida é culpa do governo sim, culpa da falta de saúde, aqui por exemplo tem dois postos de saúde sem ginecologista. Daí a pobre coitada da mulher vai no centro de Santa Cruz e chega no posto, eles não atendem quem mora aqui, pq aqui tem dois postos... Ahh mas não tem ginecologista!! voce argumenta. E eles mandam você pra Clínica da Família que também não atende, porque onde você mora tem dois postos de saúde, e eles só atendem quem mora na redondeza!!!!! Tem UPA 24horas, daqui de casa dá pra ver, mas não tem ginecologista, tem um hospital enorrrrrme o Estadual Pedro II, mas está fechado por tempo indeterminado e quando estava aberto, não tinha ginecologista!!! Ahh você nem acredita né ? Pois é, agora me responde, aonde a mulher/adolescente sem dinheiro, sem nada, vai? Quem vai dar assistência? Quem vai dar o remédio? Não é obrigação do governo dar o remédio???? Entao dê emprego, dê educação de qualidade pra ela poder acreditar nela mesma, ela ter condição de cursar uma faculdade e ter seu emprego e seu próprio dinheiro e não precisar de coisas mínimas como uma cartela de comprimidos... E aí, vem uma criança filha de outra criança, sem dinheiro, sem nada e cresce ali achando que está protegido e que a vida é assim mesmo, uns tem muito e outros não tem nada. E eu n vou generalizar, no meio disso tudo, sai muita gente de bem. Mas a maioria....:(
Chegamos nessa semana, onde a polícia resolveu invadir e acabar com essa farra, já temos feridos e mortos inocentes, pra mim e pra você é mais um capítulo na história do nosso estado, pra quem perde um ser querido é uma dor sem fim.
Vamos tentar sacodir a poeira e dar a volta por cima, mais uma vez.
Mas se ninguem olhar pelas crianças e jovens que se perdem , se prostituem, se drogam, amanhã teremos outras invasões, outro tanto de carro queimado e outro tanto de gente morta.
Esperemos uma política boa de educação, tem que dar certo, crianças não estão perdidas, jovens também não. Tem um futuro pela frente, se cuidar deles, não precisaram punir mais tarde. Essa frase não é minha.
Mas o desabafo é meu. Bjs e paz no Rio.

domingo, 21 de novembro de 2010

Sem ideias...

 Ando sem vontade de escrever, tô sem assunto, pelo menos assunto pra colocar aqui no blog.
Escrevo contos, não acho que eles sejam ótimos, mas quem lê curte...
Os amigos eu sempre imagino que estão dizendo para agradar, mas quando o comentário vem de uma pessoa que não me conhece, acabo acreditando nela.
 Meu último conto teve mais de 2000 acessos em 3 dias, então eu resolvi falar sobre eles...
 Muitas pessoas acham que eu escrevo sobre coisas que ja vivi, claro que não vivi aquilo tudo, rs rs rs
 Gosto de escrever sobre sexo, acho que me saio bem, tenho 20 anos de experiência no campo, não com muitos parceiros(as), mas sem dúvidas teve muito sexo.
 Coloco nos contos que escrevo, muitas coisas que já fiz, e muito mais coisas que gostaria de fazer...
 Os lugares são pequenos detalhes, uma festa, um convento, um celeiro, um hospital, uma fazenda; pô, quem nunca pensou fazer sexo nesses lugares?
 Já me coloquei no lugar dos personagens, e já pensei em pessoas conhecidas quando estava escrevendo...Uma vez estava na sala de espera do dentista, e li numa revista que adoro: "Marie Claire", a história de amor entre uma senhora de 50 e poucos anos e um rapaz de 18,juro que ela me fez viajar, cheguei em casa e vim direto pro pc, escrevi o conto "No celeiro", nem demorei, devo ter feito tudo em umas 2 horas e meia...
O que foi mais doloroso de escrever, foi a história de amigas minhas, não sei se pelo relacionamento delas ou pela amizade que tenho com as duas.
 Eu chorei...
 Enfim, resolvi abrir meus contos para que todos leiam e divirtam-se ou não.
 Todos estão publicados no site Casa dos contos... Entrem e procurem...
 Querem o link? Isso não vou dar.
 Se procurarem bem, lendo mais, acabarão achando os meus... Ler faz bem.
Beijo pra voces, e boa semana.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Acho que é amor...

Um dia eu vi o sol brilhar pertinho de mim.
Um dia eu vi o sol brilhar no seu sorriso...
Eu ouvi o som dos pássaros, no seu sussuro...
Eu vi o mar revolto, nos seus cabelos ao sabor do vento...
Eu senti seu cheiro, e ele era como a mais pura lavanda do campo...
Senti seu gosto, e nunca encontrei nada que pudesse comparar...
Senti seu toque, e ele era mais suave que o toque da mais pura seda...
Não sabia quanto tempo ia durar, mas sabia que seria eterno pra mim...
Eu não existo sem você por perto, você e´minha vida!!!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Silêncio...

...estranho e vazio, pra mim o silêncio é isso.
as vezes companheiro, bom pra ler, bom pra pensar...
as vezes não, por que as vezes queremos barulho.
O silêncio nos faz refletir, nos faz pensar em nós mesmos,
nos leva ao passado...
E aqui nesse momento, no silêncio do meu quarto, na frente da tela fria
do pc, eu volto no tempo, relembro tudo, cada detalhe, cada minuto, do que aconteceu...
Cada gesto, cada toque, tudo que por mim foi dito, e por mim foi ouvido.
Desejo esquecer, mas minha memória é boa, ela guarda tudo; as horas, os minutos, os segundos, que me levaram até o céu...
Lembro de uma história linda: " Um camponês sorrindo , olhando pra um campo de neve e quando lhe perguntam o motivo do sorriso, se a neve destruiu tudo a sua frente, ele diz q sorri, porque tem memória e se lembra do campo de rosas que tinha ali."
Então engulo o choro, mil vezes, e de hoje em diante só vou sorrir! Porque saudade todo mundo tem, todo mundo sofre por causa dela, mas tristeza é opcional, você pode optar por se afundar nela, ou viver tudo de uma vez só e sair por cima.
Na memória guardarei cada pedacinho de tudo que foi vivido.
Quando olhar pro campo de neve eu me lembrarei do campo de rosas, e sorrirei.
Boa semana!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Lábios macios prontos pra beijar.
Os olhos, um mar sem fim, onde me afogo.
Os sons que saem da boca, vem do fundo da alma.
São sons do paraíso, sons angelicais...
O corpo, conheço cada curva, cada recanto...
Deslizo nele e minha boca traça caminhos novos, e repete o trajeto antigo.
Lábios pequenos e grandes, molhados de prazer, como não se perder?
Como não se encontrar ali?
Cheiro doce que fica no travesseiro, nos lençóis, me lembrando dias e dias, noites e noites,
que ela esteve ali, que seu corpo repousou sobre o meu, e o meu sobre o dela...
Troca de carinho, de posição, troca de juras de amor, troca de beijos, troca de abraços...
Eternizando um amor sem fim, o sol se põe no horizonte, deixando a sombra sobre o mar...
Sombra que me lembra seus cabelos longos, os fios soltos, minhas mãos entre eles, a cor...
A imensidão do horizonte, me lembra os dias que ficamos longe, as ondas do mar me lembram
meus sentimentos confusos.
E nesse maremoto de sensações, eu me entrego e tento aceitar o inevitável...
Como conter o amor que transborda?
As luzes da cidade ja piscam, e o sono não vem...
Quem sabe mais tarde, quem sabe se vem...



sábado, 9 de outubro de 2010

O tempo passou, o vento soprou e apagou o fogo que a consumia...
Resta agora pequenos focos, que teimam em querer reascender a chama.
O fogo é traiçoeiro, mas encanta, ele destrói, mas ilumina, ele queima,
mas mostra o caminho na escuridão.
E ela? Foge dele? Ou se deixa incendiar novamente?
O mundo é cruel para os apaixonados, a vida impõe limites, a sociedade
impõe regras... Temos que segui-las? Devemos quebra-las?
Rasgar, romper de vez com o passado, com nossos ensinamentos, com o
que nos foi dito... É isso que devemos fazer?
A chama que teima em não morrer, que vive dentro de nós, nos faz crescer,
nos deixa vivos, nos mantém aquecidos...
Por que então apagá-la? Deixe-a crescer, deixa-a consumir, arrisque, corra, viva, morra...de amor!!!
A vida é curta, o tempo é veloz...
Seja Feliz!!!!

domingo, 3 de outubro de 2010

Neste domingo...

eu saí de casa mais uma vez pra exercer minha obrigação, não é democracia porque sou obrigada a votar...
Mas eu sai de casa e desta vez, não tinha esperança em nada, nem tinha um candidato que eu confiasse muito, que eu desejasse mesmo votar...
Odeio ser assim, sem esperança, vazia, gosto de acreditar, mesmo quando sei que estou sendo sonhadora.
Mas sai de casa e cheguei na minha seção, estava mega lotada... voltei pra casa.
Mais tarde cheguei e não tinha ninguém, pude assim, fazer valer meus direitos de eleitora.
Mesmo sem vontade, votei pra presidente, alguém que vai governar o meu pais durante 4 longos anos, mas minha candidata ex ministra do meio-ambiente, é tão apagadinha e tem idéias contrárias a minha.
Meu candidato ao governo do meu estado - o Rio de Janeiro, tão violento, tão sem saúde, educação, etc...- é Fernando Gabeira, político que considero um dos mais brilhantes... mas tinha quase certeza que seria em vão, todo mundo ja´sabia que Cabral seria reeleito, são tantas UPA's, UPP's e o povo tá super iludido, e eu tô muito PP da vida.
Obras de fachada, eleitoreiras, coisas que poderiam ter sido feitas desde o princípio e não foram porque ninguem tem interesse real em cuidar da saúde e da educação, segurança então nem se fala...
Mas nosso governador ja´levou no primeiro turno, aqui no rj voltaremos as urnas só pra votar no futuro presidente da república, ficamos entre José Serra e Dilma Roussef, entre alguém que eu já apostei e alguém que não confio.
Então mais uma vez sairei de casa, sem vontade de votar e escolherei um candidato que com certeza não será o que eu espero.
Isso é a realidade de um pais, pessoas sem esperança, pessoas vendidas e um futuro incerto.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Eles...

Uma criança sorri e ilumina o mundo, uma criança sem medo, sem pressa, sem rancores...
Uma criança pura sorri e eu vejo o futuro nela...
Crianças são pequenos seres que nos encantam, não são nossos, são do mundo, mas quando eles fazem coisas que nós adultos, não conseguimos fazer, dá um orgulho...
Essas coisinhas fofas chegam na nossa vida, mudam tudo e nos fazem melhor, tenho dois,são a minha razão de ser feliz, de insistir, de reclamar pra querer um mundo melhor, de pensar mais na natureza, nas eleições, tudo pra que eles cresçam e sejam adultos felizes!
O mundo fica mais colorido quando vejo o sorriso deles...

domingo, 26 de setembro de 2010

Tempo pra tudo!

Há tempo pra plantar e tempo pra colher.
Há tempo de usar vestido e tempo pra usar calça.
Há tempo de cabelo curto e tempo pra usar comprido.
Há tempo de ficar em casa e tempo de ir pra rua.
Há tempo de pensar na vida e tempo de não pensar em nada.
Há tempo de se apaixonar e tempo de ficar curtindo solidão.
Há tempo de ser sozinha e tempo de ter amigos de montão.
Há tempo pra tudo nessa vida, só não dá pra ter tempo de sofrer,
porque as vezes sofremos porque queremos e se já sabemos disso,
estamos no meio do caminho de ser feliz.
Porque o tempo não volta atrás, por mais que a gente queira, por mais
que deseje, ele não volta...
Então descobrimos que temos tempo de ser feliz, tempo de sorrir, tempo de
ter esperança num futuro melhor.
São como as fases da lua, como as estações do tempo, tempo de vida e morte,
tempo de risos e lágrimas, tempo de amor e ódio.
E chegamos na primavera, tempo de ser feliz, tempo de flores, tempo de novos amores...


obs.
Falando em flores, ontem tive o prazer de ir ao Jardim Botânico, ilustrarei o blog com fotos tiradas lá.



Linda demais!!!( créditos a senhora La Antunes.)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Dar ou Fazer amor?

Dar não é fazer amor. Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza... Não sente vergonha de rítmos animais.
Dar é bom. Melhor do que dar, só dar por dar. Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe... Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral..Te amolece o gingado... Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa. Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã. Tem pessoas que você vai
acabar dando, não tem jeito. Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar
ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora. Durante um mês. Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio. Dar é não ganhar. É não ganhar um eu te
amo baixinho perdido no meio do escuro. É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar para apresentar pra mãe, pra dar o
primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: "Que que cê acha amor?".É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão. Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas
as crises e faz você flutuar
DAR AMOR !!!!!!( Luis Fernando Veríssimo)



Esse texto não é meu, prefiro colocar aqui, sempre coisas minhas, desabafos, alegrias, tristezas etc..
Mas adoro esse poema, acho divertido e ao mesmo tempo tão exato, tão verdadeiro.
Então resolvi dividir com voces, torcendo para que todos estejam dando muito,mas muito amor por aí!!


terça-feira, 21 de setembro de 2010

Um ano, já passou!!!!

Hoje está fazendo um ano que eu tive o prazer de assistir o primeiro de muitos  shows da Maria Gadú.
Parece que foi ontem, uma promoção na rádio mpb fm, e eu e uma amiga fomos pro Teatro Rival.
E ela estava lá, simples, com uma voz perfeita, respondendo a tudo com timidez...
Um carisma fora do normal, uma cantora de primeira grandeza, uma pessoa do bem.
A partir daí, veio a paixão e com a criação do chat, amigos chegaram, pessoas que vieram de todas as partes, e juntas formam o chat mais unido e alegre que eu conheço.
Foi graças a Gadú, que conheci pessoas super especiais, que eu amo muito, e pode passar o tempo que for, eu não esquecerei essas pessoas.
Gadú
Os que conheço pessoalmente,quero poder sempre estar perto, os que nunca vi, quero conhecer ainda, e os que passaram por lá e não voltaram mais, desejo que encontrem o que procuram em outro chat ou em outra comunidade, mas que não esqueçam nunca que o interesse maior de qualquer chat, é o amor e o carinho entre fãs e cantora.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Um dia...

Um dia parei pra pensar, e descobri que a vida não tinha sentido,
não sabia pra onde estava indo, nem de onde tinha vindo...
Um dia descobri que tudo o que fazia, era sem graça, e eu dava enorme valor
a essas coisas sem graças.
Um dia descobri que o mundo fechado no qual eu me tranquei, não existia..
Que lá fora, tinha tanta coisa pra descobrir, pra ver, pra sentir.
Como pude ter ficado trancada tanto tempo, achando que era bom?
Quando abri espaço pra coisas novas, descobri cheiros e gostos que nunca tinha experimentado,
sons que nunca tinha ouvido, risos e choros, bons e ruins, mas todos verdadeiros...
Mas passei tanto tempo fechada , que fiquei fraca, não sei mais como fazer pra me livrar do que n serve pra mim.
Então ainda sofro, mas o tempo há de se encontrar as saídas, e me fazer forte.

sábado, 18 de setembro de 2010

Quero...

Ahhh, quero me perder nos teus braços, e esquecer os dias sombríos
que passei na sua ausência.
Quero dormir nos teus braços, pra esquecer as noites que passei em claro
te desejando, lembrando o calor deles, e chorando por não tê-los em mim.
Quero acordar do seu lado, olhar seu meio sorriso enquanto você dorme,
pra ter certeza que o paraíso existe e fica aqui na Terra.
Quero ver seus seios, num sobe e desce, bem devagar, só pra saber que
você está respirando, só pra ter certeza que estamos juntos e você está comigo...
Quero sentir seu cheiro, só pra ter certeza que as rosas roubaram seu perfume...
Quero morrer nos seus braços e renascer denovo, só pra ter certeza, que o mundo
lá fora, é frio e vazio, e o único lugar que eu quero estar é do teu lado.
Quero teus cabelos soltos ao vento, só pra ter certeza que o vento existe pra te embalar.
Quero viajar num breve espaço de tempo, pra ter certeza que você me espera.
Quero olhar nos seus olhos, pra ter certeza que o céu é sem cor...
Quero ouvir sua risada, pra ter certeza que as notas musicais, estão totalmente fora de sintonia.
Quero ter certeza que o sol brilha todo dia, e a lua ilumina a noite, porque você existe, pra te fazer feliz.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Momentos que são meus...




<> RJ e ES
SP e RJ

Cabo Frio e Brasília
Tenho sonhos de viajar, queria estar sempre pelos cantos do Brasil, mas confesso que não conheço nem o meu estado todo, por exemplo, sempre quis conhecer Búzios e até hoje não consegui.
Agora tenho amigos espalhados por todos os cantos,e a vontade de conhecer tudo aumenta.
A internet me fez descobrir coisas que nunca tinha imaginado que existisse, pessoas que estão longe e perto ao mesmo tempo. Cada uma num canto do Brasil, e a vontade de conhecer aumenta, alegra e deprime, une e separa...
Quando leio o que acabei de ler agora, eu morro ....
Vânia. diz:


*ainn queria vc aqui pra pular de alegria com vc

Morro de alegria e tristeza ao mesmo tempo, também queria estar lá ... Mas a felicidade de saber que tenho alguem longe que gosta de mim , tanto quanto eu dela, me deixa mais feliz.
Assim vamos levando, na esperança de um dia conhecer todos...
Alguns tive o prazer de encontrar, outros talvez, outros tenho certeza que não...
Os que são verdadeiros permanecerão, os que são passageiros passarão.
Saudade e lembranças boas pelo menos não vai faltar, pra ninguem.
 





Laura, eu e Bia
Cabo Frio , RJ e Brasília.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Dia do Sexo!!!!!

Ahhhh eles inventam de tudo, agora temos o dia do sexo,
acordei pensando em escrever sobre o tema.
Sexo é bom, sexo é vida, é viciante...
É bom sozinha, acompanhada com uma, duas ou três pessoas rs rs rs
É bom com um amigo, que depois de tudo, você mantém a amizade.
É bom quando você tá morrendo de paixão, alias assim não é bom, é ótimooooo.
É estranho quando vejo alguém dizer que é bom com desconhecidos, que nunca mais encontra na vida,
por que pra mim, sexo tá ligado ao amor.
Pode ser amor de amigo, que é eterno, ou amor de paixão mesmo, que pode passar ou não.
Mas tem que ter amor, tem que ter.
Aí chego na parte dolorosa do sexo, quando tu morre de sentir falta, quando tu deseja a pessoa, mas deseja tanto que tu queria estar dentro dela, sentindo o coração bater, sentindo as vibrações do corpo, do sexo...
Isso que vale, é isso que fica...
Sexo pra mim tá ligado aos sentidos, a visão da pessoa amada vindo na sua direção, o cheiro do seu corpo que sempre é único, ninguém tem o mesmo cheiro...
O sabor da boca na sua, o sabor do corpo...
O som do riso, da gargalhada, o som dos gemidos soltos, das frases desconexas; o som de um "eu te amo", fica gravado na memória pra sempre, quem já amou sabe, tu não esquece nunca...
E tem o toque, sou capaz de lembrar com detalhes tudo que sinto, quando toco um ser que amo, eu tento gravar na memória, a maciez, o desenho, as curvas doces, um sobe e desce alucinante...
E quando alguém te toca, o sentimento é o mesmo, o tato é fundamental na relação sexual;
Mas tem sempre alguem querendo vender, e o comércio está cheio de brinquedinhos e oleos e tudo o mais, pra dar uma apimentada na relação.
Tudo que é demais é sobra pra mim.
Prefiro o sexo com paixão, com responsabilidade, e muito amor!!! Sem muitas novidades.
Um feliz dia do sexo pra quem tá lendo, espero que seja bom pra você!

sábado, 4 de setembro de 2010

Chegouuuuu

Há 10 anos atrás, as 11horas e 45 minutos ele chegou, com 45 centimetros, era tão pequeno... mas ocupou a minha vida inteira.
Eu tinha muitos objetivos, muitos planos,mas ele mudou todos eles, e eu fiquei feliz com isso!
Eu não tinha responsabilidades e ele me trouxe muitas
Eu não tinha limites, ele me deu...
Eu não sabia o que era amor, ele me mostrou...
Esse menino hoje faz 10 anos e eu agradeço a Deus por ter deixado eu tomar conta dele...
Ele é meu pedacinho e eu sou a pedacinho dele (ele que diz).
Pra ele meu coração, minha vida, meu tempo, meu tudo.
Parabénssssssssssss.


<><>
<>
<><>
Ele ao nascer

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

falta pouco...

Há 10 anos atrás, era um domingo chuvoso, passei o dia deitada... Um medo dele chegar antes do dia....
Como eu falei ontem, o jogo do Brasil foi o que a gente esperava, 5x0, três gols do baixinho...
E o meu ia chegar no dia seguinte...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

a segunda parte...

Há dez anos atrás, era um sábado, fazia um sol incrível e o Brasil todo esperava o jogo do Brasil, Wanderlei Luxemburgo tinha escalado o Romário, como sempre, muitos eram os pedidos para que ele fosse convocado para os jogos olímpicos, e o povo queria ver como seria a atuação dele...
Eu sempre fui fã do Romário e o meu Romarinho estava quase chegando...

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Quando Setembro chegar...

Esse mês pra mim sempre foi especial.
Mês da Primavera, mês da renovação.
Pra mim sempre foi assim, e foi nesse mês especial,
que Ele nasceu.
Essa semana é mais especial ainda, há 10 anos atras, era meu primeiro dia de licença.
Era uma sexta feira, o tempo estava bom, e eu estava super feliz, porque na segunda ele chegaria.
Continua...

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Não me peça pra te esquecer... eu não conseguiria
Não me peça pra te deixar de lado... eu não vivo sem você.
Não me peça pra deixar você sozinha com seus problemas, porque "eles"são meus também.
Não me deixe sozinha nunca, não pense em sumir de perto de mim.
Naveguei em mares nunca antes explorados quando te conheci, e quando você partiu, o barco ficou à deriva, eu precisava de um porto seguro, e você era o meu.
Era em você que eu me inspirava, me segurava...
Era pra você que eu me guardava, era você que eu esperava, desejava, era em você que eu depositava esperanças de um futuro colorido...
Mas agora como um náufrago no meio do oceano, tenho que lutar pra não me afogar, tenho que sobreviver!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Eternamente...

Tem coisas que são passageiras na vida da gente, e tem coisas que são para sempre.
Tem coisas que fazemos e esquecemos em seguida.
Tem coisas que fizemos há anos e anos e ainda nos lembramos como se fosse ontem.
Assim também são pessoas, umas passam nos ensinam coisas e se vão, outras ficam na nossa mente pra sempre.
Algumas não acresentam nada, outras se transformam em nossa razão de viver.
Tenho sorte de ter certas pessoas na minha vida que são tudo pra mim.
E quando é assim, quando a gente gosta tanto que não cabe dentro e chega a transbordar, você quer eternizar, quer guardar pra sempre, pra sua memória um dia, mais tarde, bem mais tarde, não te trair...
Eu tenho pilhas e pilhas de fotos, cartões, cartinhas, que guardo com carinho, são lembranças de amigos que ainda estão comigo, ou que já se foram...
E agora tenho na minha pele, pra sempre, um traço seu... Que é uma pessoa, que ocupa um lugar muito especial na minha vida.     Eternamente...

Porque muitas vezes são vermelhas, mas sempre são rosas !!!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

O tempo não foi bom, ele me separou de ti.
A vida, não foi justa, ela me fez te conhecer, ela me mostrou onde voce estava,
mas o destino me separou de ti.
Por quantos caminhos andarei, até que de ti eu me aproxime?
Será que me aproximarei?
Porque não seguimos a mesma estrada?
Quantas noites eu desejei estar com você, mas não te encontrei?
Quantas manhãs eu acordei e desejei do fundo de mim, olhar e te ver ao meu lado.
Quantos dias e noites chorei por você?
Sabia que nada seria pra sempre, sabia que correria riscos, mas arrisquei...
Não me arrependi, mas sofri...
Agora espero  o tempo que cura tudo, aparecer.
Mas o tempo que cuidou de fechar suas feridas, esqueceu das  minhas...
Não achou que eu merecesse viver sem dor,
preferiu esquecer, ou achou que eu deveria sofrer mais.
Sofrer a falta dos seus braços em mim,
da sua boca na minha, do calor do seu corpo junto ao meu.
O cheiro do seu perfume embriagando meus sentidos, entorpecendo minha mente.
Anos depois eu ainda sinto-o no meu travesseiro, lembro dos seus cabelos espalhados nele,
e me entrego a uma triste certeza... Você não volta!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O valor do abraço...

Amo abraços, aquele que abriga, que conforta, que nos faz viajar...
Abraço apertado, demorado, quentinho...
Abraço de amigos, de amor, de filhos...
Abraço macio, abraço que envolve, que aperta, que estimula...
Mas tem o abraço do apoio moral, aquele que o perdedor recebe do vencedor...
Aquele que na hora da dor, te faz sentir melhor...
Que na hora do amor te faz delirar...
Aquele que vem com um beijinho doce...
Aquele que vem junto com um beijo quente...
Tem abraço triplo, tem quadruplo, quintuplo ...
Tem abraço rápido e tem longo...
Tem gente que não gosta de abraçar, como pode isso gente?
Não gosto quando o abraço não é caloroso, quando não é sincero...
Amo ficar enroscada nos braços de alguém, dormir abraçada...
Enfim abraçar é o que tem de melhor nessa vida.

Essa postagem vai pra todos os meus amigos que eu gostaria de abraçar e não posso...
Torcendo para que um dia, eu os encontre e os abraçe...
Recebam meu abraço, forte e sincero, amigo e eterno.
Exemplo de abraço!!! Eu e Pri.



terça-feira, 3 de agosto de 2010

Agosto da Jussa...

Sempre ouvi dizer a frase "Agosto mês do desgosto", mas agosto é o mês do chocolate, e chocolate é tão bom... Agora eu descobri uma coisa, agosto é o mês da Jussanã...Exatamente no dia 04 ela nasceu...

Quem é Jussanã??? um dia eu estava no chat e ela aparece, fã da Gadú, moradora do interiorrrr do interiorrrrr do Espirito Santo, ela entrou quietinha, e foi se chegando, ela não é falante, ela é tímida, ela é fã da Ana Carolina- assim como eu.
Isso nos uniu mais ainda, me lembro do dia que mandei uma foto pra ela, era da minha coleção e eu não divido Ana com ninguém [lixa], eu sabia que isso a faria feliz, então bastava pra mim.
Jussa parabéns pra voce, que todos os seus sonhos se realizem, que voce tenha sempre a felicidade que merece!
Que um dia a gente possa se encontrar, que a nossa amizade seja eterna...
Você sabe que pra mim, você é uma filha distante e querida, que não saiu da minha barriga, mas viverá pra sempre no meu coração!!! Sorte Sempre...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Aeeeee Gadú!!

Ahhh é amanhã, dia 29 de Julho de 2010, o dia da gravação do primeiro dvd da Maria Gadú, a responsável por eu ter os  melhores amigos do mundo, a responsável pelas noites de gargalhadas, pelas madrugadas na net, por ter aparecido na minha vida pessoas que são um pedacinho de mim...
Não estarei lá, mas meu coração estará, e teremos muitas fotos legais pra compartilhar.
Aqui vai uma que tirei hoje, na Rodoviária Novo Rio, quando encontrei Laura e Vivian, a essa hora elas já estão em Sampa... Então pra registar o encontro uma foto básica tirada as 10 da manhã, eu, Laura e Vivian detonando 2 litros e meio de chopp. Foi bom, mas com gosto de quero mais....
Laura, eu e Vivian!!!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Ahhh os amigos...

Eu fiquei uns dias sem ter o que escrever, agora a pouco li o blog de uma amiga,
e achei a postagem  linda, me vieram várias ideias ...
Um amigo é um ser mais que especial, aquele que a gente torce pra  ver, gosta de ouvir
a voz, que a gente quer ter perto, que a gente conta os dias para encontrar...
Ter amigos é uma dádiva, conservá-los é um prazer...
Saber que eles estão perto quando a gente precisa de colo pra chorar, ou simplesmente pra sorrir, contar novidades, beber, é bom demais. É um porto seguro, é certeza de dias melhores pra sempre...

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Pra Laura com carinho...

Há quase um ano conheci alguém na internet, assim como todas as pessoas que eu tenho comigo hoje...
Sempre agradeço a Deus por uma pessoa chamada Maria Gadú, porque se não fosse ela, acho que nossos caminhos não se cruzariam. Eu moro no Rio de Janeiro, na zona oeste, longe de tudo... Ela mora em Cabo Frio, mora bem rs rs, mais de quatro horas de viagem nos separam, mas a grande rede nos uniu...
Ela me conheceu num momento ruim da minha vida, ela me fez sorrir, ela tem o dom...
Ela tem luz (todo mundo diz), ela é a pessoa que faz falta, eu disse isso a ela quando completou um mês de amizade, está lá num depoimento... E hoje quase um ano depois, eu posso dizer que tudo que sinto por ela, aumentou. Ela é especial, me faz bem, me encanta, eu a amo demais...
Apesar da grande diferença de idade que nos separa ela é uma das pessoas mais importantes da minha vida...
Ela sabe que na listinha dos importantes só tem duas pessoas na frente dela.
Hoje é seu aniversário Laura, e quero que saibas que estarei aqui sempre que você precisar e te desejo, paz, saúde, felicidade, desejo que seus sonhos se realizem. Se eu fosse uma fada ou uma bruxa boa, eu te daria de presente uma estrela lá do céu, com a sua luz ela iria brilhar pra sempre e te faria feliz...
Sorte Sempre, você é muito especial pra mim. Bjs

terça-feira, 20 de julho de 2010

Pra Voces...

Na infância tive alguns, me lembro da maioria, os da rua , os da escola, gostaria de saber como eles estão, sinto saudade...
Na adolescência também tive alguns, também da rua e da escola, amava a maioria, eles também gostavam da minha companhia tenho certeza, eu era a líder do grupo, bolava passeios bobos, encontros em casa pra ouvir o LP dos  Menudos e alguns lanches estranhos, coisas minhas rs rs rs
Mas eu cresci e me perdi de todos, fiquei sozinha, não tinha mais os amigos da infância e nem da adolescência, e os amigos que fiz moravam longe de mim, os programas não eram os mesmos e aprendi a andar sozinha...
Houve um tempo que só tinha uma amiga, ela era a única, eu ia na casa dela, ela vinha na minha, a gente sempre saía junto, era só ela...
Mas um dia eu descobri que o mundo é grande, e ter amigos é a coisa mais maravilhosa que existe, foi na internet que encontrei os melhores, pessoas que fazem parte da minha vida, pessoas que fazem a minha vida mais feliz, passo horas e horas com eles todos os dias, as noites, as madrugadas, sou mais feliz com eles...
A maioria mora longe, queria que fosse diferente, mas não posso mudar tudo...

Hoje já não sei viver sem eles, não gosto de sair sem eles, eles fazem falta...
Pra eles deixo essa frase:
"Amigo é coisa pra se guardar, do lado esquerdo do peito, dentro de coração...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

.

Hoje quero falar sobre ele... O ponto final.
Hoje quero colocá-lo em várias coisas, não estou falando sobre pontuação.
Estou falando sobre colocar ponto final nas coisas.
Quero colocar ponto final no tormento que minhas emoções estão.
Quero colocar ponto final no meu lamento...
Quero deixar de ser chata e cansativa, mas não quero ser falsa comigo mesma.
Eu não estou num moment  feliz, mas não quero sofrer...
Então tenho que colocar um ponto final, nas histórias que não tiveram final feliz.
Era uma vez uma menina que sonhava ser uma bailarina profissional [ponto final]
Era uma vez uma menina que queria morar sozinha [ponto final]
Era uma vez uma menina que queria trabalhar até ficar velhinha [ponto final]
Era uma vez uma menina que queria conhecer o mundo [ ...] não vou colocar ponto final nessa...
Era uma vez uma menina que encontrou um tesouro mas, perdeu... [ponto final]
Era uma vez eiiiiiiii tem vida além do ponto final.
Vamos Viver.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Eu quero uma pra viver...

Há vinte anos atrás ele nos deixava, foi um poeta no seu tempo.
Foi a voz dos jovens nos anos 80, revolucionou, viveu e ensinou
que muitas vezes, é melhor viver dez anos à mil, do que mil anos à
dez.
E foi isso que ele fez, foi intenso em tudo, foi grande demais, foi forte,
foi fraco, foi tudo e mais um pouco...
Foi exagerado, inventou amores, protegeu o nome da pessoa amada
inventando codinome, foi um ícone, foi trilha sonora de muitos amores.
Embalou festinhas americanas, tão comum na época...
Quis dar a lua pintada de verde, as estrelas da árvore de natal...
Pediu piedade pra gente careta e covarde, pra quem não sabe amar...
Grandeza e um pouco de coragem...
Em Filho Único, ele afirmou que filho único é um ser infeliz, que era um
ser que era amado e não amava...
Mas em Doralinda, ele promete amor que nem sabe se tem pra dar...
Ele era assim, contumaz, contundente, mas também contundido...
As vezes passando os dias de par em par...
Sem datas pra comemorar, pediu para que não cantassemos com ele,
para que ficassemos em silêncio. porque pra ele o canto era a sua
salvação, era o que o mantinha vivo...
Ahhh esse cara nos consumiu...
Era um maior abandonado, só queria proteção...
Hj dia 07/07/2010 fazem 20 anos que ele se foi, mas nos deixou várias
lições, sua vida recheada de amores e dores, serve pra refletir...
Queremos mesmo viver tudo de uma vez?
Não seria melhor ele aqui, ainda compondo?
Faz parte do show da vida. ele fez parte do meu show...
Ele fez o show dele, promessas malucas tão curtas quanto um sonho bom...
Faz parte do meu show, meu amor!!!!!




domingo, 4 de julho de 2010

Eu, as telas, e ela...

Quando eu a vi , vi muito mais do que queria enxergar...
vi minha vida, vi minha paz, minha felicidade...
Me pergunto todo dia que amor é esse?


Desejo ela em mim, rompendo todas as barreiras.
O teto, a telha, a lua, o céu..
Quando eu me despi , rompi minha paz
e fui capaz de tudo.


Mas esse amor me causa um nó.

Ela não tentou me enganar, nem eu a ela.
Se ela pedisse pra voltar...


Pernas, pes, cabelos e peitos lindos que doem na íris...
Loucura, vida, manhã, tarde, noite, vida inteira pra sempre...


Que amor é esse que irrompe o mar.
Que amor é esse que me destrói.
Que amor é esse que me constrói.
Que amor é esse que me faz chorar.
Que amor é esse que eu não quero despertar.
Que amor é esse que eu não abandonar...
Amor e um quadro Renoir.
Amor e um autêntico Monet.


Créditos= As telas e elas
(Ana Carolina) com alguns toques meus.


As telas e elas...

Paquero ela , ela dança Peggy Lee      
Sem luz nenhuma, acendo um Free
Quando eu a vi , vi muito mais
Do que eu queria enxergar

Que amor é esse, que bateu em mim?
Na parede um quadro falso de Klint

Quem dera ela toda em mim a se tocar
Rompendo o teto todo, a telha e o luar
Quando me despi, eu vi muito mais
De tudo sou capaz

Que amor é esse , que me causa um nó?
Da parede roubaram um Miró

Pernas, pés, cabelos, ´peitos lindos que doem a íris
Meu erro, minha escravidão, meu Ramires

Eu não quero mais viver assim
Eu não quero mais viver assim

Ela pensa que me engana,deixa ela pensar
Daí não dura uma semana ela ja´quer voltar.
Não só aceito e ainda me enfeito
Troca a fronha e o lençol.

Que amor é esse que irrompe o mar?
Na parede um traço Renoir.
Quem derá ela e mais duas pra misturar
A força que nos prende e solta faz delirar
Quando eu chorei, perdi e ganhei
E agora quem eu sou?

Que amor é esse que me faz querer?
Na parede um autêntico Monet
Bordô, carmim, magenta, cerúleo, azul
Ciúme, desejo, medo, fogo, belo visu

Eu não quero mais viver assim
Eu não quero mais viver assim.

Ana Carolina.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

A Distância

Quem inventou a distância? O que é a distância?
Ela existe? Não, eu te digo, ela não existe.
Não existe distância pra quem ama,
Nem pra quem precisa viajar pra encontrar a felicidade.
Nem pra quem precisa trabalhar longe pra comprar o pão de cada dia.
Nem pra quem vai em busca de um filho num outro estado (p/ vc Fernanda)
Nem pra quem espera o ano todo por férias e conhece lugares q sempre sonhou.
Nem pra quem tá longe do filho e arruma um tempo e vai visita-lo.
Nem pra uma pessoa que está a quilometros da outra, mas que dá
um jeito de ficar perto.
Existe telefone, existe e-mail, existe celular, existe a internet...
Ela aproxima, mas também distancia....: (
Ela nos dá e nos toma.
Ela não é justa, nos dá os melhores amigos que poderiamos ter nessa vida,
mas eles estão longe...
Então decidi listar essas barreiras que são todos os dias, todos os meses e anos superadas...
Pra provar que distância não existe... quando existe amor.


Pra vc amiga querida.




"Quando o sol ia acabando
e as águas mal se moviam,
tudo que era meu chorava
da mesma melancolia.
Outras lágrimas nasceram
com o nascimento do dia:
só de noite estava seco meu rosto sem alegria.
(talvez o sol que acabara e as aguas que
se perdiam transportassem minha sombra
para a sua companhia...) Oh!!
mas nem no sol,nem nas águas
os teus olhos a veriam...
que andam longe, irmãos da lua,
muito clara e muito fria...


A viagem (Cecília Meirelles)

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Alguém me disse...

Disseram-me que as nossas vidas não valem grande coisa...
Mas alguém me disse que você ainda me ama.
Seria possível então?
Isso faria de mim a mulher mais feliz de todas...
Disseram-me que o destino debocha de nós,
que nos promete muito e não nos dá nada,
que diz que nós seremos felizes e quando a gnt
olha n tem nada de felicidade esperando.
Mas alguém me disse que você ainda me ama...
Mas quem foi? Eu não consigo me lembrar.
Acho que foi minha imaginação ou o meu desejo...
Meu desespero...
Eu ainda ouço a voz, mas não consigo ver os traços.
Sabe alguém me disse mesmo, de verdade,
mas eu não sei quem é...
mas eu não sei se é verdade...
Se no meio de todas as tormentas,
no meio de toda violência que nos cerca,
se no meio do oceano eu perdida estivesse...
Mas se eu soubesse que lá no fundo, bem la´no fundo,
você ainda me ama... Eu enfrentaria tudo, só pra estar
do seu lado novamente.
Se estivesse no meio do deserto, sozinha e sem água, mas
eu soubesse que você ainda me ama, eu buscaria toda força
que fosse necesssaria  e chegaria à um oásis... Mas só se você ainda
me amasse.
Disseram-me que nossas vidas passam em instantes como murcham as
rosas.
No entando alguém me disse que você ainda me ama...
Será isso possível?


Créditos: tradução de "Quelqu'un m'a dit" (Carla Bruni)
com trechos meus...

terça-feira, 22 de junho de 2010

Foi assim...

No princípio estava tudo escuro e frio, aí vc chegou como uma chuva forte, arrastou  tudo, mas foi bom...
Um arco-iris lindo se formou, coloriu tudo...
Era um sonho, as palavras, os sentimentos, os gestos, era desconhecido ainda, mas era bom...
Aí veio o encontro, o mar, a chuva, o abraço, o primeiro beijo, o primeiro contato, era o sonho se tornando realidade.
Os dias passando, as cores, as flores, os versos, os recados, os bilhetes, certeza de um amor sem fim, felicidade estampada no rosto, vento batendo, sorriso aberto...
Encontros, beijos, amor, sentimentos reais, imaginários... quem vai saber? eu ? você?
Vida boa, tranquila, objetivos, ciúme, medo... choro, promessas na madrugada, choro contido...
Saudade, vontade louca de querer perto, aperto no peito...
Peso, dor, choro, necessidade  tamanha...
O fim, o não, noites sem dormir, falta de ouvir, de ver...
Vazio, sem chão... Porque dói tanto? porque não paro de sentir isso? porque o choro não cessa?...
Uma nuvem enorme e escura ficou pra sempre aqui...
Porque o sol não brilha mais? Quanto tempo vai levar até que o ar fique respirável outra vez?
Quando o coração chora, a dor não passa...
Um sorriso agora mudaria o rumo...
Um beijo transportaria pra tempos de sonho...
Mas a nuvem insiste em ficar, a chuva não desce pra lavar tudo...

Arquivo do blog